Archive for abril \27\UTC 2009

h1

Direção – 27 de abril de 2009

abril 27, 2009

Por que temos procurado o Senhor?

João 6, 22 -29
“24Quando a multidão viu que Jesus não estava ali, nem os seus discípulos, subiram às barcas e foram à procura de Jesus, em Cafarnaum”. Quando lemos essa passagem do Evangelho pensamos que o povo estava sedento de Deus, sedento de ouvir a voz de Jesus, aprender com Ele sobre as coisas do céu. No entanto, logo que chegam, Jesus lhes revela a verdadeira intenção dos seus corações: estavam atrás dos milagres, das obras que Ele fazia e não da Sua presença.

Será que nós não estamos agindo da mesma forma? Será que não estamos indo atrás do Senhor pelas obras que Ele faz em nós e através de nós? Vemos muito do poder do Senhor em nosso dia, em nossas vidas. Não há em nosso meio que não possa testemunhar os feitos de Deus. Mas, o Senhor tem muito mais para nós do que milagres e prodígios. Ele nos oferece intimidade com o Seu coração. Precisamos aprender que é impossível estar perto do Senhor sem que aconteçam milagres, curas, libertações. Deus olha para Seu povo, vê Suas necessidades e age, mas o foco do Senhor está em nossos corações. Durante muito tempo na história do povo de Deus, a religião era uma religião de distância. Todos pertenciam ao Deus de Abraão, de Isaac e Jacó, mas não tinham uma experiência pessoal com Deus. Hoje, podemos dizer o Deus da Carol, o Deus do Davi, o Deus de (coloque seu nome).

A Cruz e Ressurreição de Jesus abriu-nos o Santo dos santos em nossos corações. Deus está sempre pronto a falar conosco, sempre pronto a revelar Seus segredos para nós, mas como diz a Palavra: Ele está perto do coração sincero (Provérbios 3, 32). Se o povo que foi encontrar Jesus em Cafarnaum tivesse assumido sua intenção o Senhor não teria se zangado com eles, nem chamado sua atenção, mas chegaram até Ele falando que estavam a procura Dele, quando estavam atrás dos milagres.

“27Esforçai-vos não pelo alimento que se perde, mas pelo alimento que permanece até a vida eterna, e que o Filho do homem vos dará.” Situações vêm e vão, uma se resolve, outra aparece, mas o Senhor é o único que permanece para sempre conosco, mesmo quando o pecado nos dominava Ele nos escolheu e quis ficar perto de nós, mesmo quando chegamos a Ele com todas as intenções, menos a de estar com Ele na intimidade do Seu coração, Ele nos escolhe e nos acolhe. A Presença de Deus em nossas vidas é o que temos de mais precioso, é o maior milagre que Deus poderia fazer na vida de alguém. Já parou pra pensar que temos livre acesso ao Criador de tudo? Livre acesso ao Rei dos reis? Em que reino qualquer um pode se aproximar do rei? Em que reino o rei não exige nada de seu povo a não zelo e amor? Eu não conheço!
“Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Mateus 22, 35-37) O Amor é a Lei de Deus. Amor que está disponível a todos que se aproximam Dele de coração aberto.

Enquanto nos aproximar-nos do Senhor somente pela Sua obra, pelo Seu poder, O procurarmos pelo que pode fazer em nós, por nós e de nós, não viveremos na Presença de Deus, não beberemos da água da vida, promessa para todos nós. Não seremos um povo do Espírito. Estaremos vivendo uma religião morta e distante daquela que Jesus veio restaurar.
Peçamos essa semana que o Espírito nos ensine a sermos sinceros com o Senhor e nos preocuparmos mais em O conhecer do que em receber Dele milagres, curas e prodígios. Tudo isso é certo para os amigos de Deus. É isso que somos chamados a ser, Seus amigos.

No Amor do Amado
Carol

h1

“Jesus tomou os pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, tanto quanto queriam.”

abril 24, 2009

Esse é um trecho do Evangelho de hoje (João 6, 1-15).
Celebramos Deus que se preocupa com nossas necessidades antes mesmo que as mostremos. Não cita na Palavra que alguém foi reclamar de fome com Jesus, ele olhou e percebeu que o povo estava faminto.
Também aprendemos desse Evangelho o poder do louvor. Quando Jesus pega o que lhe tinham oferecido, que era absolutamente pouco para aquela multidão, e levanta adorando o Pai, o milagre acontece. O louvor abre as portas do céu. AS lágrimas podem até atrair o Mover de Deus, mas o Louvor escancara as portas do céu em nossa vida. Milagres, Prodígios, coisas tremendas acontecem quando tiramos os olhos de nossos problemas e situações e louvamos a Deus, único digno de nossas palavras.

Vamos separar esse dia para louvar a Deus…Ele conhece todas as nossas necessidades…e cuida de nós.

No Amor do Amado
Carol

h1

Ele está caminhando conosco!!!

abril 23, 2009

Olá amados,

Esses dias tem sido correria e benção pra nós. Entramos no tempo de maior preparação pro lançamento do cd, a Cecilia está pra nascer (minha sobrinha linda e abençoada), nossa casa está em reforma…e muito mais coisas acontecem por aqui.

As vezes eu paro e olho tudo isso e parece um sonho, e realmente é…é o sonho de Deus. Saber que, mesmo quando tudo está dificil, quando o tempo corre mais rapido que nós, quando os prazos vão se vencendo, o Senhor está caminhando conosco é meu consolo. Nada foge ao Seu cuidado.

Sei que seu coração, assim como o meu, está chei de sonhos, cheio de expectativas…viva os sonhos de Deus…eles não se frustram, podem demorar, mas se realizam. Eu sou prova disso! Ainda não tenho o cd na minha mão, mas sei que já está nas Mãos de Deus.

No Amor do Amado

Carol

h1

Direção de 20 de abril de 2009

abril 20, 2009

Necessário é nascer de novo

Nascer segundo o dicionário é : vir ao mundo, brotar, surgir, ter vida. A Palavra de Deus nos diz que é preciso nascer de novo, mas como pode algo que existe deixar de existir , para poder existir novamente? Como pode uma pessoa que já é nascida, nascer de novo? Essa era a pergunta de Nicodemos para Jesus diante dessa frase; Necessário é nascer de novo (João 3, 7-15). Essa é muitas vezes o questionamento do nosso coração: Nascer de novo? Ter uma nova vida? Isso é possível?

A Palavra de Deus nos mostra que sim. Em II Coríntios 5, 17 está escrito: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”, e em Romanos 6,4 : “De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.”

Uma nova vida é o que Jesus conquistou para nós. Ele é a Nova Vida, derramada por nossa causa, dada a nós pelo Pai, no Espírito. Mas a nova vida é para os humildes, para os que desejam sempre, mais e mais, ser diferente, mudar atitudes, ter realmente uma mente renovada segundo a mente de Cristo.

Nascer do alto, não significa deixar a existência presente para um novo nascimento, mas que nossa história seja renovada em Jesus, recriada a partir da nossa experiência com ele. Jesus assume a nossa história e nos ensina a também assumi-la, com um novo olhar. Muitas vezes usamos uma frase bem conhecida para justificar erros ou nosso caráter, “eu sou assim mesmo, difícil, quem me amar, tem que me amar assim”. Com certeza, o amor assume todos os nossos erros e nossos defeitos de personalidade e caráter, no entanto, se fosse para que ficássemos da mesma forma, sem termos progresso algum em nossas vidas, era necessário que Jesus assumisse nossos pesos, nosso fardo do pecado? Não. Ele assumiu para que pudéssemos ser livres deles, para que como novas criaturas possamos ser imagem e semelhança daquele que nos criou, do Deus Todo-Amor.

Em muitas cartas, Paulo, exorta os irmãos a fugirem da maledicência, da inveja, da cobiça e de tantas outras coisas que corrompem o coração do homem e o fazem viver a vida velha, como o próprio apóstolo diz. Mas quando, vivendo a comunhão com o Espírito, o deixamos dominar nossos corações, percebemos que nossa personalidade, nossas atitudes, nossa vida é transformada. Em Gálatas 5, 19-22 vemos que Paulo fala daqueles que andam com o Espírito verdadeiramente e trazem em si as marcas que Ele deixa, e dos que não andam e trazem em si as marcas do mundo. Pelo Espírito, assumimos a própria vida de Cristo, e Ele gera em nós atitudes de Cristo. “Já não sou eu quem vivo, mas Cristo vive em mim” (Gálatas 2, 20).

Isso é nascer do alto. Nascer do Espírito. Deixar dia após dia, o Senhor transformar nossas vidas, transbordar nossa vida com a Sua vida. Fazendo de cada um de nós cada vez mais Presença do Amor neste mundo tão egoísta. Peçamos ao Espírito, que nesse tempo de preparação para a festa de Pentecostes, possamos ser transformados, avivados em nossa personalidade, para que as características de homem e mulher novos possam ser cada vez mais presentes em nós e não celebremos o Espírito que só vem no dia da festa, mas Aquele que já está vivendo em nós. A Páscoa do Senhor Jesus nos trouxe a nova vida, peçamos ao Espírito que nos ajude a assumir essa vida todos os dias de nossa existência e a cada nova manhã nos faça nascer de novo, nascer do alto, experimentar um Novo Pentecostes.

Vem, Espírito Santo!

No Amor do Amado

Carol

h1

Direção Semanal – 13 de abril de 2009 ELE VIVE!

abril 13, 2009

Mais uma Quaresma, mais uma Semana Santa, mais uma vez somos colocados de frente aos nosso limites, às nossas fraquezas, ao nosso pecado, mas principalmente somos colocados de frente ao Amor de Jesus, à Sua entrega, à Sua escolha por nós. Não me canso de ouvir as canções que falam da Salvação, como: Deus enviou Seu Filho amado, para morrer em meu lugar. Na Cruz pagou por meus pecados, mas o sepulcro vazio está por ELE VIVE. Irmãos, isso é tremendo. É nossa razão de vida. Nossa liberdade foi conquistada por Jesus, nossa cura, nossa alegria, nossa Salvação. Se hoje podemos viver em segurança nos planos de Deus, nas Suas Promessas, é por que Jesus se deu em nosso lugar. Venceu a morte, que era certa para nós. O que poderia nos assustar mais que a morte? A morte que era o fim de todos nós. Era, por que Jesus inaugurou um novo lugar com Sua ressurreição. O Céu é o lugar dos redimidos. O céu é o lugar daqueles que crêem, mesmo sem ter visto, que Jesus está vivo. “Por que Ele vive, eu posso crer no amanhã. Por que Ele vive, temor não há. Eu bem sei que o meu futuro está nas mãos do meu Jesus que vivo está”.Nossa vida está escondida na vida de Cristo. Somos pertença Sua, conquista Sua e nada pode nos tirar de Seu Amor. Ó morte onde está tua vitória? Onde está tua bandeira? Já não há vitória para ti, pois Jesus Cristo, o único Senhor e Salvador, nos deu a vida e a vida eterna. Cada um de nós pode confrontar suas mortes nesse tempo e declarar isso. Mortes na nossa família, no nosso trabalho, nos nossos relacionamentos, no nosso coração. Quantas vezes, mesmo vivos, nos sentimos como mortos. Mas podemos declarar: Ó morte, foste vencida de uma vez por todas, por Jesus Cristo, o Senhor da Vida! Jesus não desviou os olhos de nossos pecados, das nossas fraquezas. Sabia muito bem por quem estava se entregando. O Sangue ,derramado em nosso favor, por meio de Jesus, nos deu livre acesso ao coração do Pai. Jesus sabia que nosso pecado nos afasta de Deus e por isso levou sobre Si cada um deles, para que possamos estar próximos do Único Deus que traz a Vida eterna. Vivamos como ressuscitados, deixemos a Vida de Cristo tomar conta da nossa vida, trazendo novo ar…novo céu e nova terra. Somos herdeiros da Graça de Jesus. Vamos orar juntos: Amado Jesus, nesse dia te agradeço pela conquista da Salvação. Tu que não desviaste os olhos dos nossos pecados, mas os assumiu para Si, para que pudéssemos viver. Agradeço-te e recebo hoje a Tua Salvação. Reconheço-te como meu Senhor e Salvador e, somente Tu, dono do meu coração. Aviva-me , restaura-me. E então poderei dizer como São Paulo: Já não sou e que vivo, mas Cristo que vive em mim. Peço também, Jesus, que a Tua Salvação possa entrar na nossa casa, nas nossas famílias, nas casas das pessoas que amamos e convivemos. O Senhor conhece todos os lugares do nosso coração, os lugares onde a morte nos engana, nos fazendo acreditar que está vencendo. Mas, hoje levantamos a bandeira da Tua Salvação. Tu és a vida em nós!!! No Amor do Amado Carol

h1

Semana Santa

abril 6, 2009

Chegamos, enfim, à Semana Santa.

Mas o que é essa Semana? O que Celebramos? Pra que realmente serve este tempo? Matamos e Ressucitamos Jesus mais uma vez? Ou então, participamos de encenações, e vãs procissões só pra relembrarmos o que aconteceu com Ele?

Ontem, na Celebração de Ramos, Padre Rafael Querobin – scj, falava sobre a Semana Santa de forma tão intensa e clara que acredito que todos que estavam naquela Igreja terão uma semana diferente.

Ele começou dizendo: “Vocês acham que Deus precisa disso? Das Procissões, das Missas, das Via-Sacras? Não! Nós precisamos. Nós precisamos estar de frente ao Crucificado para olharmos para nós mesmos”.

E realmente é isso. O Senhor não precisa da religião, ou de atos religiosos, mas nós precisamos. Assim, caminhando com Ele, vamos revendo nossas vidas, nossos valores, nosso caminho.

Já parou pra pensar qual o valor que nos deu o Senhor? Entregando a própria vida em nosso favor? E hoje, muitas vezes vivemos em situações interiores de descriminação, de inferioridade. Perdemos de vista o alto preço pago por nossa cura e nossa paz. Perdemos o impacto da Cruz em nossas vidas. Tudo acaba virando religiosidade vã. Quando perdemos o foco, caimos na idolatria. Participar de atos religiosos sem realmente entende-los, faz com que coloquemos nossos olhos neles e não no Senhor. Pelo sofrimento de Jesus na Cruz,lembrado,  narrado, encenado, proclamado na Palavra ou cantado nas canções somos convidados a assumir a Vida que Ele conquistou para nós com penoso trabalho. Se tudo não passar de símbolos, nossa religião é morta, é vã. Mas, se por todas as coisas que vivemos na Semana Santa, conseguimos enxergar o Real, o verdadeiro valor de tudo isso, a obra da Salvação será também real em nossas vidas e não só nessa semana separada pela Igreja.

Essa é a Semana de pararmos e voltarmos ao caminho do Senhor. Caminho de Cruz e Ressurreição certa. Caminho de verdade e não de encenações. Para um Deus verdadeiro, um coração verdadeiro.

Participemos da Semana Santa com um novo olhar, com o coração aberto. Em cada Celebração ou ato religioso um encontro real com nosso Salvador.

No Amor do Amado

Carol

h1

Ele vem!!!!

abril 1, 2009

Oi amados,

Estou passando pra dar notícias do cd.

Essa é a ultima semana de gravação. Faltam duas músicas apenas. Estamos muito felizes com essa primeira etapa de produção.

Ainda não acabou, temos bastante trabalho pela frente, mas ja estamos  vencemos a primeira batalha. Aleluia!!!

Agradeço a quem orou até agora e peço mais uma vez oração…está quase, mas ainda não está pronto…

Sei que o Senhor está nos abençoando e a quem tem orado e gerado esta obra.

Este cd é o começo de um novo tempo…o começo do realizar de Deus na minha vida e na vida da Comunidade. Nele eu tenho visto que os sonhos de Deus não se frustram, mesmo quando, em algum momento pensamos ter acabado. O Senhor mesmo vem em nosso socorro…o agir e o operar são Dele…somos seus amados e Ele se agrada em cumprir suas promessas em nosso favor.

Se o Senhor prometeu algo pra você, mas parece que está longe demais, difícil demais…creia…ELE VEM!

Eu digo isso pra você não só por causa desse cd, que já tem sido grande prova da Fidelidade do nosso Deus, mas também como alguém que espera, que tem recebido promessas que nunca imaginava e, que mesmo sem entender de onde, acredita que tudo virá…ora, Deus não criou o mundo do nada?…então…o que Ele não poderá realizar pelos seus queridos…

Creia…Ele vem e cumprirá todas as promessas…

No Amor do Amado

Carol