Archive for setembro \26\UTC 2011

h1

“Seria, acaso, difícil aos meus olhos?”

setembro 26, 2011

Que maravilha iniciarmos a semana ouvindo o Senhor nos dizer que aquilo que para nós parece difícil, impossível, para Ele não é. E perceber que é da vontade do próprio Deus nos dar bonança, felicidade, prosperidade.

Em Zacarias 8, lemos: “Isto diz o Senhor dos exércitos: Velhos e velhas ainda se sentarão nas praças de Jerusalém, cada qual com seu bastão na mão, devido à idade avançada; 5as praças da cidade se encherão de meninos e meninas a brincar em suas praças. 6Isto diz o Senhor dos exércitos: Se tais cenas parecerem difíceis aos olhos do resto do povo, naqueles dias, acaso serão também difíceis aos meus olhos? — diz o Senhor dos exércitos.”

Olhamos para nossa realidade de tanta correria, tantas coisas a resolver, tantos conflitos, problemas, situações que nos consomem e nos tirar do convívio de paz entre irmãos. Precisamos ser líderes enérgicos, liderados conformados, pessoas que apenas sobrevivem às estruturas já pré estabelecidas nas quais nos impomos a viver.

É interessante pensar que esta profecia veio na desolação de Jerusalém, quando ela estava desabitada e seu povo desolado. Era impossível acreditar no que o Senhor dizia, parecia algo que não se podia alcançar. Ao olhar para sua realidade, o povo achava que aquela promessa era difícil demais para ser real. Mas o Senhor afirma que o que parece difícil aos olhos de todos, para Ele não. E que tudo  pode ser realizado pelo Seu poder e amor, amor ciumento, como Ele mesmo declara nos versículos anteriores a esse.

Quais são as situações “difíceis demais” em nossas vidas? O que nos parece sem conserto, sem direção, sem saída? Esta é nossa hora de entregarmos tudo isso ao Senhor, que acima de todos os sentimentos que podemos ter de desânimo, descrença , quer realizar a obra em nós, por que nos ama.

Queremos, então, orar com Jó 42, 2s:

“Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido. Quem é este que sem conhecimento obscurece o conselho? por isso falei do que não entendia; coisas que para mim eram demasiado maravilhosas, e que eu não conhecia.”

Queremos conhecer as obras maravilhosas que o Senhor quer realizar em nós e através de nós.

No Amor do Amado

Carol

Anúncios
h1

Ele muda nossa sorte

setembro 19, 2011

“Mudai a nossa sorte, ó Senhor, como torrentes no deserto.” Salmo 125

Esta é a Palavra que recebemos essa semana e que pretendemos assumir em nossas vidas.

A palavra “sorte” quer dizer “destino”, direção para onde caminhamos, onde levamos nossa vida. E, muitas vezes, nós simplesmente aceitamos que a “sorte nos leve” pra onde quiser, da maneira como quiser, e acabamos num deserto, sem vida, sem alegria, sem futuro.

O que o deserto pode esperar de si mesmo? Que suas areias aumentem, que sua seca não termine, que permaneça na infertilidade em que se encontra, pois essa é sua sorte. Assim, também nós, quando olhamos para nossa vida e conseguimos pontuar situações, as vezes familiares, de geração em geração, que nos fazem permanecer desertos. Quantas vezes ouvimos falar: “Ela é brava como aquela tia!” ou “Resmunga como a avó!”. Tantas marcas de deserto que trazemos e aceitamos, como se não houvesse forma de livramento e mudança para essas situações.

No entanto, o salmista diz: Mudaste nossa sorte, como torrentes no deserto. Quem esperava por isso? Quem espera que no deserto flua fontes de águas que mudem sua situação? Já não podendo mais ser chamado deserto?

Pois é exatamente isso que o Senhor deseja fazer conosco: transformar nosso deserto em jardim regado, lugar de vida.

Vamos entregar ao Senhor nossa sorte, aquela que achamos ter. Vamos entregar nossa visão de vida, nosso comodismo em traços de deserto que trazemos e aprendemos: orgulho, intolerância, desespero, falta de confiança, falta de vontade de ser diferente…

O Senhor é poderoso para mudar nossa sorte, transformar nosso deserto e nos fazer frutificar onde nem imaginávamos. E seremos o que devemos ser: Livres para adorar. Jardins de Adoração. Onde o Senhor poderá caminhar e conversar conosco, como sempre deveria ter sido.

No Amor do Amado

Carol

Eu quero mais de Tua Presença

Eu quero mais de Tua Presença

Vem Espírito sobre mim

Vem transformar o meu deserto

Vem Espírito sobre mim

Espírito de Deus, eu me abro a Ti

Quero ser Teu

Vem operar em mim

 

 

h1

Um olhar apenas

setembro 12, 2011

Quantas coisas gostaríamos de pedir ao Senhor, de falar, contar, reclamar, agradecer, clamar, suplicar…seriam horas e horas de palavras. Mas somos chamados ao silêncio.

Não o silêncio de quem não tem forças para falar ou agradecer, de quem desistiu de pedir,  já perdeu a esperança. Mas o silêncio de quem sabe que quando o seu olhar cruza com o do Senhor, Ele entende tudo, sabe das nossas alegrias e aflições.

É este exercício que queremos fazer esta semana: o exercício da confiança Naquele que sonda nossos corações, que nos conhece melhor que nós mesmos e sabe do que precisamos em cada situação.

Quantas pessoas na Palavra tiveram suas vidas mudadas pelo olhar do Senhor, quantas não conseguiram tocá-Lo, falar com Ele, mas por estar onde Ele estava tiveram suas vidas transformadas, restauradas.

Queremos estar onde o Senhor está e nada mais importará. Ele nos ajudará a colocar nossa vida no rumo certo, a entendermos nossos sentimentos, a amarmos os que convivem conosco, a sermos o que temos que ser.

O olhar Dele no nosso e o nosso no Dele…e teremos cura, restauro, avivamento, encorajamento e tudo mais que precisarmos.

No Amor do Amado

Carol

h1

Descansar em Deus

setembro 5, 2011

“Só em Deus a minha alma tem repouso, porque dele é que me vem a salvação! Só ele é meu rochedo e salvação, a fortaleza, onde encontro segurança!” Salmo 61 (62)

Tanta correria, tantas decisões, tanto trabalho. Nossas mentes ficam tomadas de idéias e estratégias para resolvermos tudo, darmos conta de tantas responsabilidades e o Senhor vem nos chamar ao descanso.

Para muitos, assim como pra mim, pode parecer que ficar parado é perder tempo, perder a oportunidade de resolver as situações e fazer a vida andar pra frente. Mas parar para descansar é necessário.

No descanso, repomos as energias, paramos os pensamentos, aquietamos o coração e só assim podemos pensar melhor, caminhar melhor e sermos bem sucedidos naquilo que nos propomos a fazer.

Precisamos parar para repor nossas forças diante do Senhor, como diz o salmista: somente Nele a nossa alma tem descanso, só Dele vem a Salvação que temos tentado buscar por nossas próprias forças.

Que esta semana entreguemos nossos cansaços ao Senhor, nossas tentativas frustradas de resolvermos as situações do nosso jeito e declaremos que nossa Salvação vem somente do Senhor, só Ele é nossa rocha e nosso refúgio.

No Amor do Amado

Carol