Archive for maio \27\UTC 2008

h1

I Encontro de Adoradoras!!!

maio 27, 2008

Que maravilha! Aleluia! Não tenho palavras pra agradecer o Senhor por tudo que realizou neste domingo.

Foi um fim de semana cheio de trabalho. Desde quinta estava fora de casa, cantando em casamentos. Não tive muito tempo pra parar e me aquietar pro encontro. Mas meu coração sabia que o Senhor estava cuidando de tudo, e bem melhor do que eu…rsrs

Marcamos uma intercessão pra domingo de manhã, todas as mulheres que trabalhariam no encontro estariam lá. Só sabíamos que a Maria Rita estava cuidando, e muito bem, da ornamentação e acolhida, que a Daiana pregaria sobre “Mulheres de fé” e eu ministraria a tarde junto com nosso novo ministério feminino Shemáh. Tudo o mais resolveríamos na intercessão.

Nos encontramos 9 horas em ponto e começamos a adorar o Senhor. Ele nos dizia que na Adoração nos daria tudo o que precisariamos. Cantamos uma canção antiga :”Jesus, te entronizamos, declaramos que és Rei….oh vem, Jesus e toma o Teu lugar”… e oramos umas pelas outras declarando isso: que Jesus tomava o Lugar que é Dele por direito em nossas vidas. Foi maravilhoso. As palavras do Senhor para a vida de cada uma de nós que estava lá foram certeiras. Não me contive muitas vezes e chorei…chorei…chorei…rsrs

Saímos da intercessão prontas para o combate, encorajadas a fazer milagres e curar no Nome de Jesus. E assim foi.

Eu partilho que achei que não iriam muitas mulheres, pois marcamos meio em cima da hora, divulgamos só no grupo de oração da Comunidade. Mas Deus faz infinitamente mais. Nossa Capela ficou pequena. Mulheres sedentas de Deus encheram aquele lugar. E o mover de Deus foi palpável.

Foi muito boa a primeira ministração do Ministério Shemáh, nada melhor que um ministério só de mulheres começar num encontro só para mulheres. Iniciamos o encontro com canção nossas (MInistério Adorai) e foi lindo o fluir de Deus atravéz delas. Depois do louvor a Daiana iniciou a pregação, que foi um “bomba” em nossas vidas. Bomba? É. Bomba. Sobre isso mesmo ela falou.

Explodimos por causa de tantas coisas. Por nervosismo, impaciência, tristeza… A Daiana nos convidou a clamar a Deus que nos tornassemos uma bomba atômica da Unção do Senhor e onde pisarmos de hoje em diante a radiação do Seu amor tomará conta e transforamará. Ela ainda falava de como o mundo precisa de mulheres de unção, mulheres íntimas do Senhor, ousadas e abertas ao Seu mover.

Muitas mulheres testemunharam depois o que Deus fez no Encontro em Suas vidas. Novas perspectivas de vida, novo ânimo, consolo para o coração. O que cada uma foi buscar, com certeza encontrou. O momento de testemunhos foi lindo. Uma jovem contou como sua vida estava triste sem o Senhor, já havia perdido o marido, a casa e tudo mais, mas entendeu que o Senhor tem poder de restituir tudo e saiu com o coração cheio de esperança.

Aqui, coloco o testemunho de uma irmã muito amada por mim e que a cada dia tenho visto ser transformada, levantada pelo Amor de Deus e sei que muito o Senhor tem para a vida dela. Ana, te amo muito, amo ser sua amiga e irmã, amo rir com você por qualquer coisa…rsrs. Deus seja louvado por sua vida e amizade:

Foi tudo muito lindo e simples. Uma emoção estar entre aquelas mulheres tão diferentes e tão parecidas cantando juntas, dançando juntas, adorando e clamando pelo Espírito Santo. E foi mesmo como uma onda de adoração, de poder e unção que o Senhor falou comigo… Cheguei no Encontro com muitas perguntas e dúvidas no coração e, através da oração e da pregação, Ele me deu um caminho completo a seguir. E, no meio de muitas lágrimas (sem borrar a maquiagem!) fui sentindo alegria, liberdade e segurança brotarem de onde estava deserto no meu coração… Aleluia Senhor!”

Ana Elisa Kokaev

Sei que esse foi o primeiro de muitos e quem esteve lá está tomada por um desejo tremendo de ser do Senhor e transformar tudo e todos os lugares por onde for.

“Onde eu colocar a planta dos meus pés o Senhor me dará por Herança”. Essa é a promessa lançada a nós no I encontro de Adoradoras e a veremos se cumprir dia após dia pois cremos no poder de Deus agindo em nós.

Nós somos o que o mundo precisa hoje. Somos as mulheres que podem transfomar e impactar esta geração.

Mesmo você que não pôde estar lá, ou você irmão que lê essa mensagem, saiba que a promessa não foi só para nós. Mas Deus quer levantar um povo diferente, cheio do poder palpável do Senhor. Pessoas que transformem a atmosfera dos lugares onde estão. Pregadores da Palavra com a Vida. Quando somos tomados pela unção do Espírito de Deus até mesmo nossa presença, sem palavras, faz com que o Senhor alcance os corações.

Obrigada, Senhor, por mais uma vez permitir que eu faça parte dessa história e desse tempo. Eu quero ser cheia da unção e íntima de Ti, cada dia mais. Eu te amo, Senhor, com toda minha força, com toda minh’alma e com todo o meu coração. Tu é o Senhor, o único Deus. Amém

No Amor do Amado

Carol

p.s.: Ao lado, em “páginas” você pode encontrar as passagens Bíblicas que foram base do encontro.

h1

II Seminário de Adoração – Juiz de Fora

maio 19, 2008

Aleluia! Deus tem Seus planos infinitamente melhores que os meus.

Esta semana que passou, também o mês, foi um tempo de muita tribulação pra mim. Um certo cansaço e desânimo tentou tomar conta do meu coração.

Mas o Senhor, reservou um fim de semana lindo pra mim. A começar do casamento de uma irmã muito querida nossa, Ana Paula, com o divertidíssimo Liverson, que foi realmente um culto de adoração a Deus. E mesmo cansada da viagem ao Rio de Janeiro, de onde cheguei às 4:30 da manhã, o Senhor me queria mais uma vez na estrada. Os planos de gravação de voz não deram certo,e por causa dela já tinha desmarcado de ir cantar com um ministério muito amado meu aqui em Varginha, mas o Senhor quiz precisar de mim em Juiz de Fora e lá fui eu…

Acordamos de madrugada,(de novo…rsrsr), e saimos para Juiz de Fora, o papai, a Daiana e o Miguel, a Iza e eu. Oramos assim que saímos de Varginha e o Senhor nos dava a certeza de que estavamos indo para lá, para sermos totalmente usados pelo Espírito, não precisavamos nos preocupar com o cansaço, ou falta de tempo que tivemos de nos preparar melhor pra esse encontro (II Seminário de Adoração do nosso núcleo).

Que alegre foi nossa chegada. o Davi, a Ju e a Deusa nos deixam muitas saudades e revê-los é sempre muito bom e divertido. Pude também conhecer os novos membros da Comunidade, que ainda não conhecia. Que povo lindo, Senhor! E como todos tem um jeitinho Adorai de ser, fico imprecionada…

O Encontro foi direcionado para a festa da Trindade, celebrada por toda a Igreja, e não poderíamos ter tido um tema melhor.

O Davi começou pregando sobre Deus Pai. Um Deus que poderia ter quisto ser chamado de Altíssimo, Poderoso, Onipotente, se apresenta a nós como Pai, papai, paizinho. Adoramos nosso Papai e pedimos a Ele que nos deixe O conhecer (experimentar) cada dia mais.

Logo depois, o papai veio com a palavra sobre Jesus. O lindo foi que ele tinha preparado muitas passagens bíblicas e uma grande pregação sobre Jesus Salvador, mas ontem foi um dia de experimentar o Senhor, e meu pai foi dócil ao mover do Espírito e falou rapido sobre o que o Senhor colocara em seu coração e começamos a ministrar com a música “Quem me ama assim?”…um reconhecer e experimentar do Amor incondicional e imenso de Jesus.

Na ultima pregação, a Daiana foi tremendamente usada pelo Espírito, que queria dar profundidade à nossa oração e nossa espiritualidade. Como foi maravilhoso esse momento. Cantamos um canto que compus durante a pregação da Daiana, totalmente imersa na Presença do Senhor. As palavras que saiam da boca dela entravam em mim e era impossível não me comover com o operar do Espírito naquele lugar. Um desejo imenso de clamá-Lo e seu mover em mim renasceu e comecei a ser curada daquele desanimo e cansaço que estava sentindo. Começamos a cantar:

“Eu quero mais de Tua Presença.
Vem, Espírito, sobre mim
Vem transformar o meu deserto
Vem, Espírito sobre mim

Espírito de Deus, eu me abro a Ti
quero ser teu, vem operar em mim.”

Uma canção tão pequena e simples, mas que moveu os céus e encheu nossas vidas. Sei que quem não estava lá ou não frequenta a Comunidade não saberá a melodia, mas que se torne, então, uma oração de cura e de rendimento ao Senhor. Queremos ser Dele, queremos mais de Sua Presença, queremos ser mais Sua Presença no mundo.

Estou sendo levantada pelo Espírito mais uma vez. Ele nunca me desampara. Ainda bem que não me deixou desistir de ir à Juiz de Fora. E sei que Ele não desampara nenhum dos seus amados. Se você tem se sentido cansado e desanimado como eu, clame o Espírito. Que Ele encha a sua vida e o leve à Presença de Jesus e do Pai.

Quero ser fiel, quero ser Tua, Senhor! Aleluia!

No Amor do Amado
Carol

h1

Vem, Espírito Santo!

maio 17, 2008

Espírito Santo, luz da Igreja, fogo que nos move, força que nos mantém.

Íntimo amigo, mais íntimo de nós que nós mesmos. Conhecedor de todas as nossas necessidades reais. Aquele que tira as nossas máscaras diante de Jesus e nos faz experimentar o dom da Adoração verdadeira.

Este é o Espírito Santo, meu amigo. Sei que sem Ele eu não caminharia, não chegaria onde estou e não teria possibilidade de alcansar os sonhos de Deus pra mim. Vida e Amor de Deus, o próprio Deus, na Trindade.

O Espírito Santo é aquele que move nossas vidas para o progresso da fé. Aqueles que se deixam ensinar e guiar por Ele, dia após dia se encontram mais íntimos de Deus. Eu vejo o Espírito Santo como a própria intimidade com Deus.

Não quero aqui ficar escrevendo sobre Ele, mas orar para que todos os povos possam sentir a doce e tremenda Presença do Espírito de Deus.

“Senhor Jesus, cumpre mais uma veza promessa do derramamento do Espírito Santo sobre tua Igreja. Somos teu povo e precisamos de Ti para caminhar, do Teu Espírito.”

“Espírito Santo, tu que conheces as nossas almas, nossas dores, nossas marcas, vem com Tua Presença modificando as nossas realidades, fazendo-nos nos aproximar mais do coração do Pai. Leva-nos à verdadeira adoração, a adoração movida por Ti. É bem verdade que não sabemos orar e que por nós mesmo não conseguiriamos nos achegar, mas Tu nos leva constantemente á Presença Libertadora do Senhor. Tu é meu amigo mais íntimo, mais certo, que nunca me esquece ou abandona. Sempre presente e sempre amoroso. Te amo, te amo, te amo.”

No Amor do Amado

Carol

h1

“Pai, faz-nos um.”

maio 2, 2008

Aleluia!

Este feriado foi um dos mais lindos que vivi. Pela misericórdia de Deus, fui convidada, junto com irmãos da Comunidade, a participar do I Encontro Brasileiro de Irmãos Evangélicos e Católicos. Não tinha a dimensão do que iria acontecer até colocar os pés naquele lugar. E gostaria de partilhar com os irmãos.

Desde que fui convocada, pois foi assim que o Senhor me fez enxergar o convite para o encontro, eu tinha certeza de que iria estar lá, algo o Senhor tinha pra mim. Apesar das dificuldades financeiras, do cansaço da correria e da desistência forçada de alguns dos membros que iam (alias, os que mais sabiam sobre ecumenismo), na terça a tarde, fizemos as malas e tomamos caminho para Lavrinhas/MG.

A começar da ida, tudo já estava sendo tomado pela unção. O carro que fomos é de um dos membros da Comunidade, que foi também e ele colocou uma fita cassete (antiga!!!!!!) de músicas evangélicas que nós escutávamos quando começamos na Igreja. Aquelas canções preencheram meu coração todo o percursso e plantaram em mim uma maior expectativa do que iria acontencer. Eu queria chegar logo!

Ao chegar no local, Casa de Discipulado da Canção Nova, pude ver mais uma vez o cuidado de Deus. Como nosso Deus nos mima! A casa é linda, o povo de Deus que mora lá acolhedor e a unção é palpavel naquele lugar. Fomos uns dos primeiros a chegar, tinham poucas pessoas ainda e as que estavam lá já nos assustavam. Personalidades fortes da nossa Igreja (católica e evangélica) como Matteo Calisi, Reinaldo Bezerra, Pr. Jorge Himitian, além de muitos outros. Confesso que ao vê-los questionei o Senhor: “Senhor, por que estou aqui? Quem sou eu e minha casa para que nos traga aqui?” Me senti como Davi, o menor dos irmãos (e na verdade, em idade acredito que eu era a mais nova mesmo…).Mas eu sei, que Deus tem algo pra minha vida e, partilhando com o Pe. Marcial meu sentimento ele disse: “Mais pra frente você entenderá.” E também, troquei minha pergunta, a conselho de Pe. Jonas, para “Pra que, Senhor!”, pois Ele tem seus própositos.

Fomos alojados, eu tive a oportunidade de ficar em um quarto com duas coordenadoras do vicariato do Rio de Janeiro, que me deram uma aula de espiritualidade e amor a Deus.

No outro dia de manhã, nós, católicos, tivemos uma Celebração Eucarística, logo depois o café e o primeiro encontro com os irmãos evangélicos.

“Meu Deus! O que está acontecendo aqui?” Era a pergunta que ecoava nos corações. Ao começas o louvor, todos nós que estavamos naquele lugar nos levantamos e começamos, juntos, a louvar e adorar o nosso Deus. Já na primeira oração nos tornamos um só povo. Não houve naquela hora quem não se emocionasse. Vivemos a concretização do pedido de Jesus: “Pai, que sejam um.” Ainda não tenho palavras suficientes para descrever o que aconteceu. Mas, foi maravilhoso. Se alguém ainda estava com medo daquele encontro, esse medo caiu por terra naquele louvor. Muito bem ministrado, alias, pela Banda Bom Pastor. Deus não reteve a graça para algum momento expecífico, desde esse primeiro momento até o ultimo abraço de despedida a unção e o poder de união do Espírito Santo estavam presentes em nós.

Houve um momento no encontro que não sabíamos mais quem era católico, ou quem era evangélico dessa ou daquela denominação. Presenciamos, pela graça de Deus, o que o próprio Deus espera da Sua Igreja, unidade. E como nos disse alguém lá: “O Senhor tem apenas uma Noiva!”.

Todas as preleções e testemunhos foram tremendos e aos poucos vou falando sobre cada um deles. Nesta hora, só quero partilhar com os queridos, que o que Deus fez naquele lugar não foi só para aquele lugar e povo, mas foi um impulso a vivermos aqui no Brasil o que a Igreja já está vivendo em outros lugares e nações. Ser um é requisito para a ação do Espírito na Igreja e para que o mundo creia. Muitos não creem em Jesus por que veêm seu povo divido.

Pois, se estamos divididos, quem crerá no Cristo. A Palavra diz: “Sejam um, para que o mundo creia que Jesus é o Senhor.”

Fui impactada por este encontro e sei que minha vida não mais será a mesma. Eu quero fazer parte deste povo. Eu quero fazer parte dessa história linda de reconciliação e sei que Deus me colocou naquele lugar por que tem planos pra minha vida, e eu estou disponível a ser usada pelo Senhor na Geração da Cura.

Terei muito assunto a colocar no blog sobre o que aconteceu lá, mas vamos com calma…hoje ficamos com o desejo de ver a Igreja unida e a responsabilidade de orar para que realmente dê frutos a experência histórica desse 30 de abril e 1 de maio de 2008.

Eu quero fazer parte disso, e vc?

No Amor do Amado

Carol ( da Igreja do Senhor Jesus)