Archive for agosto \30\UTC 2011

h1

Habitar na casa do Senhor

agosto 30, 2011

Desde pequenos aprendemos a orar com o salmo 90(91). Um salmo que nos coloca sob os cuidados do Senhor, encoraja nossos corações a permanecer em Seus caminhos e esperar em Sua Provisão. 

Estas semanas, com a pequena Suzana, tenho orado muito ao Senhor que nos coloque assim: protegidos em Seu coração, nos dê direção.

Ontem, recorrendo à Palavra, outro salmo me veio ao encontro. O salmo 26 (27). Ele já foi alvo de inspriração para a música Meu clamor e tem sido minha direção desde então: clamar ao Senhor que possamos habitar em Sua casa todos os dias.

Certa vez, ouvi um pastor pregar sobre o salmo 90 (91). Ele dizia que as pessoas o usam como amuleto, como “oração forte” nos tempos difíceis, mas esquecem o que diz  o primeiro verso: “Aquele que habita à sombra do Altíssimo”. Este pastor dizia que não podemos esquecer que essas promessas são para quem se proprõem estar com Ele, morar em Sua casa, viver segundo Suas Leis.

Esta semana, queremos orar ao Senhor que aumente em nós o desejo de habitar com Ele, de ouvir mais Sua voz, entender mais o que Ele deseja para nós  e assim, receber todas as promessas que Ele mesmo deseja cumprir em nossas vidas.

Busquemos a Presença do Senhor, Ele tem cuidado de nós em todos os detalhes.

No Amor do Amado

Carol

h1

“Coragem! Sou eu. Não tenhais medo!”

agosto 1, 2011

Estas  são as Palavras de Jesus diante do assombro dos apóstolos quando o viram andar sobre as águas e estavam sujeitos à tempestade (Mateus 14,22-36). E é exatamente o que nos diz essa semana, quando vem até nós, assombrados em nossas tempestades.

O Senhor tem poder para acalmar o mar, para andar sobre ele, para parar os ventos. Ele é poderoso para modificar as realidades, as situações que nos trazem medo. Apenas nos pede para confiar, confiar e confiar, pois é Ele quem está ali, diante dos nossos olhos.

Depois de ler este trecho do Evangelho, fico pensando no que diz o Senhor à Pedro, depois que este pede para andar também sobre as águas SE realmente aquela visão fosse Jesus: “Homem fraco na fé, por que duvidaste?”. Não acredito que tenha falado isso por que Pedro ficou com medo dos ventos e acabou tirando os olhos do Senhor e se afogando, mas por que duvidou daquilo que Jesus já havia dito: SOU EU! Não tenhais medo!

Tempestades e aflições, sempre teremos. Em apenas um dia poderemos testemunhar quantas delas vivemos e sofremos, mas nosso coração precisa estar certo da Presença pacificadora do Senhor, Daquele que É conosco.

Quais são suas situações hoje, agora? Qual tempestade tenta enfraquecer e desencorajar seu coração? Ouça o Senhor falando pra você: “Coragem! Sou eu. Não tenhais medo!” e creia que Ele vem para acalmar a tempestade, sossegar seu coração e não se sujeite a querer vencer os ventos sozinho…somente a Palavra do Senhor pode acalmá-los.

No Amor do Amado

Carol