Archive for the ‘Estudos Bíblicos – Direção’ Category

h1

Consagração – 21° Dia

setembro 21, 2013

Hoje, queremos olhar para nós mesmas. Em que temos sido fiéis, em que temos falhado. O que podemos dizer de nossa história de fé. Olhar para a própria história e reconhecer a mão amável do Senhor que nos conduz e cuida de tudo é nossa adoração neste última dia de consagração.

Com certeza, podemos dizer como o salmista: “Uma coisa eu sei: Deus está comigo” (salmo 56,9). Quão maravilhoso deve ser o testemunho de cada uma de nós e que adoração mais perfeita podemos oferecer ao Senhor: nosso reconhecimento.

Palavra: Salmo 138 (139)

Oração: Senhor, como és fiel e como tens nos feito fiéis todos esse anos. A Tua Presença é a diferença em nós, se somos fortes, é tua força que nos sustenta, a tua santidade que nos purifica, o teu Amor que nos ensina a amar. Consagramos mais e mais nossa vida a Ti. Queremos atrair o teu olhar com nosso louvor. Amém.

Anúncios
h1

Consagração – 20° Dia

setembro 20, 2013

Hoje queremos aprender com Isabel, prima de Maria, a reconhecer o Senhor. Que coração sintonizado ela tinha. Maria nem falou nada, apenas chegou em sua casa e ela já compreendeu, pelo Espírito Santo, que o Senhor estava ali:

“E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo.
E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre.
E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor?
Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre.
Bem-aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas.” Lucas 1:41-45

A Palavra é clara: Isabel foi cheia do Espírito Santo. É assim que reconhecemos o Senhor: pelo Seu Espírito.

Queremos aprender com Isabel a docilidade, o desejo de ser mais e mais do Senhor e reconhcê-lo sempre.

Palavra: Lucas 1, 47-55

mariaeisabelOração:

Vem, Espírito Santo, tomar nosso coração por inteiro, fazer-nos morada Tua. Queremos reconhecer o Senhor que vem nos visitar, que deseja estar conosco e transformar nossa realidade. Amém

h1

Consagração – 19° Dia

setembro 19, 2013

Voltamos a Gênesis para conhecer mais uma mulher da Palavra de Deus e com ela formar nosso caráter de mulheres cristãs. Seu nome? Não sabemos, mas podemos aprender dela a obediência e o “ser suporte” para que a promessa aconteça.

“Mas contigo estabelecerei a minha aliança; e entrarás na arca, tu e os teu filhos, tua mulher e as mulheres de teus filhos contigo” (Gênesis 6:18).

Falamos da mulher de Noé. Já se imaginou nessa situação? Aliás, pode não ser uma arca, mas com certeza Deus pode ter pedido “loucuras” para as pessoas que estão ao seu redor, seja marido, filhos, irmãos, parentes. E qual foi sua atitude diante disso?

A mulher de Noé, apoia o marido, vive com ele o tempo da espera, da construção. Chora com ele as palavras duras dos que não acreditavam, as zombarias. Mas, com certeza, Nóe cumpriu seu chamado por que ela esteve ao lado dele. Sabemos que se ela fosse contrária faria o possível para desanimá-lo e fazê-lo desistir. Como mulher você sabe o poder que tem em levantar e derrubar e é sobre isso que precisamos orar.

Pode parecer loucura aos nossos olhos, à nossa razão aquilo que o Senhor tem pedido aos que amamos, aos que convivem conosco. Cabe a nós orarmos para que sejamos alavancas das promessas, que nada se perca por que nós não entendemos, mas que o Espírito nos leve a ser suporte para que tudo aconteça como o Senhor falou.

Palavra: Eclo 6, 1-4

ImagemOração

Senhor, queremos ser suporte eficáz para que as Tuas Promessas aconteçam em nossa geração. Que nosso coração se encha de confiança e amor à Tua Palavra e nada nos impeça, nem mesmo nosso ânimo ou razão, de fazê-la cumprir-se. Amém.

h1

Consagração – 18° Dia

setembro 18, 2013

Hoje colocamos em nosso coração as ordens que Deus deu a Hagar, quando no deserto já havia desistido de viver.

“Não temas! Ergue-te!”

Diante da desilusão, da falta de esperança, Hagar já havia entregado sua vida e a vida de seu filho às mãos da morte. Mas o Senhor tinha uma promessa para ela, sobre ele. E mesmo, no final das forças, Ele pode vir cumpri-la.

Assim, também conosco: quand não vemos mais para onde ir, o que fazer e a esperança parece morrer dentro de nós, vem o Senhor e nos diz: Não Temas! Ergue-te!

Ele cumprirá todas as promessas, queridas! Mesmo que agora, no deserto, desfaleçamos, enfraquecidas. Ele vem e nos levanta!

Palavra: Lamentações 3, 18-25

hagarOração:

Senhor, nossas forças estão perecendo em tantas situações. Mas nosso coração quer se lembrar do que pode renovar nossa esperança e confiança em TI: as Tuas misericórdias se renovam sobre nós e jamais Te esqueces das promessas. Mais uma vez queremos colocar nossa vida em Tuas mãos, não temer e nos levantar para receber tudo que tens para nós. Amém

h1

Consagração – 17° Dia

setembro 17, 2013

Insistência e confiança é o que aprendemos daquela mãe siro-fenícia, que clamou a cura de sua filha. Recebendo o “não” de Jesus, esta mulher não se conformou, pois sabia que só Ele poderia lhe ajudar, e pediu, pediu e pediu. A compaixão pela esperança dela e pela insistência, mesmo na vergonha de pedir, Jesus diz, apenas diz: Pode ir, o demônio já saiu da tua filha.

Sem alardes? Sem manifestações? SIm! A Palavra do Senhor tem poder, mesmo que não haja toque humano, contato físico, mesmo que não se possa nem mesmo ver o que estã acontecendo. A menina estva longe dos olhos do Senhor, mas perto do coração. E é assim que devemos nos sentir: perto do coração de Jesus, mesmo que nossos olhos não o vejam ou não consigamos sentir o Seu toque.

Queremos aprender a insistir na oração, não para que o Senhor seja convencido de que precisamos, mas para treinarmos nosso coração na fé, pois por ela TUDO podemos, em Nome de Jesus.

Palavra: Mc 7, 25-30

a_jesus_paoORAÇÃO

Senhor, que nosso coração aprenda a confiar e gerar nossos sonhos pela oração e pela fé. Sabemos que estamos em Teu coração e em Teu pensamentos, que ultrapassam os nossos em paz e graça a nosso favor. Queremos confiar, confiar e confiar. Basta uma Palavra e tudo será mudado. Amém

 

h1

Consagração – 12° Dia

setembro 12, 2013

Nada passa despercebido ao Senhor. Nenhum louvor é rejeitado se feito de coração. No meio de tantos levitas, responsáveis pela música no culto ao Senhor, encontramos uma família repleta de homens e três, isso mesmo, três moças, que atenderam também a esse chamado de sustentar o louvor durante a adoração.

Todos estes foram filhos de Hemã, o vidente do rei nas palavras de Deus, para exaltar o seu poder; porque Deus dera a Hemã catorze filhos e três filhas. (I Cr 25,5)

A filhas de Hemã. Essas são as mulheres que nos ensinarão hoje.  Essas moças receberam uma missão: adorar ao Senhor com música. Sustentar a adoração do povo de Deus no templo.

Assim como as filhas de Hemã, somos chamadas a sustentar a adoração e, por que não fazer um trocadilho, não só no templo, mas no nosso tempo. Pense em quanta falsa adoração presenciamos no nosso dia a dia: seja do corpo perfeito a todo custo, da ostentação da beleza, do dinheiro, do ter muito mais evidente que o ser e tantas outras. Somos chamadas a sustentar a adoração no nosso tempo.

PALAVRA: Salmo 67

filhas de hemaORAÇÃO:

Senhor, colocamos nossos dons à disposição do Teu Espírito. Queremos ser mulheres de fé, que sustentam com arte a adoração ao verdadeiro e único Senhor, que és Tu. Com nosso jeito de ser, vestir, falar, trabalhar, queremos agradar Teu coração. Amém

h1

Consagração – 8o. Dia

setembro 8, 2013

AnVoltando às mulheres da Bíblia, nossa atenção se volta para Ana, mãe de Samuel. Com Ana aprendemos que nossas lágrimas são colhidas por um Deus fiel, que tem propósitos de amor para nossa vida. Aprendemos que não devemos nos deixar levar pelas palavras duras daqueles que não entendem nossa dor ou que não crêem no mesmo Senhor que nós.

PALAVRA: I Samuel 1

ORAÇÃO

Senhor, te damos graças pelo Teu Amor, que não falha, não nos abandona, nem decepciona. Cremos que nossas lágrimas são colhidas e honrada a nossa confiança no tempo certo. Amém.