Archive for novembro \28\UTC 2008

h1

Ainda por Santa Catarina!!!

novembro 28, 2008

oi queridos!!!

Estamos em campanha por Santa Catarina!!! Aqui na COmunidade estaremos divulgando as contas da Defesa Civil de Santa Catarina e ajudando na Campanha que a Igreja vai fazer!!! Estamos disponíveis ao Senhor, que Ele use de nós para aliviar as perdas dos nossos irmãos catarinenes!

Também agradeço a todos que oraram, aos núcleos da Comunidade, às irmãs de BH, aos irmãos da IBAN em São Paulo, a todos os amigos que intercederam por nós!!! Minha família está bem, todos a salvo, pela misericórdia de Deus!!!

Meu pai ainda está em Brusque, mas agora é só esperar para poder vir embora!!!

Vamos continuar…ainda há muito o que fazer, muitos a ajudar!!! Louvo a Deus pelo livramento da minha familia e peço que o Senhor opere em favor dos que estão desabrigados e desesperados!!!!

Sejamos instrumentos na recosntrução de Santa Catarina e da dignidade desses irmãos.

Doe o que puder, quanto puder….centavos fazem diferença:

Contas da Defesa Civil de Santa Catarina:

Banco do Brasil
Agência 3582-3
Conta Corrente 80.000-7

Besc
Agência 068-0
Conta Corrente 80.000-0

BRADESCO S/A – 237
Agência 0348-4
Conta Corrente 160.000-1

OBS: O nome da pessoa jurídica é:
Fundo Estadual da Defesa Civil
CNPJ – 04.426.883/0001-57.

Deus abeçoe a todos que ajudarem!!!

No Amor do Amado

Carol

h1

Em oração por Santa Catarina!!

novembro 26, 2008

Olá amados,

Estamos presenciando o acontecimento em Santa Catarina!!! Destruição e mortes por causa das chuvas. Pessoas perdendo tudo!!! Precisamos orar e agir!!! Orar pra que Deus toque os corações, lhes dê paz e força para continuar e recomeçar!!! Orar pra Deus tocar os corações dos que podem ajudar!!!

Procure em sua cidade se há alguém se mobilizando para ajudá-los, faça parte disso!!! Sejamos como o bom samaritano, aprendamos a sercompassivos e disponíveis!!!

No amor do Amado

Carol

h1

Apenas um toque!

novembro 17, 2008

Texto base: Marcos 5 25-34

Jesus caminhava em meio à multidão. Muitas pessoas iam até Ele pelos milagres que fazia.Tocavam Nele, atravessavam seu caminho, gritavam por sua misericórdia e seu olhar. Quantos relatos na Bíblia vemos de pessoas que vão até Jesus e clamam por milagres, curas, libertações.

Hoje, vamos ler sobre uma mulher que não teve coragem de falar com o Senhor, mas sabia do poder que Ele tinha e queria apenas toca-lo. Um toque que mudaria sua vida para sempre.

Ela precisava de cura em sua vida, de uma cura especial. Sofria de um fluxo de sangue há 12 anos e essa doença a impedia de participar da vida familiar e social do seu tempo, pois assim se tornava impura, não podendo comer à mesa com os seus, participar de festas religiosas ou familiares, e até mesmo sua vida conjugal era afetada por esse mal. Essa mulher não podia tocar em nada dentro de casa, pois senão o que era tocado também se tornava impuro. Era uma vida de solidão e desprezo. Doze anos vivendo assim, doze anos de luta, sofrimento, dores, preconceito. Talvez já acostumada com a sua situação, como nósmuitsa vezes.

Eu, tenho um problema de visão, desde os cinco anos de idade. Uso óculos, ou pelo menos deveria usar. Acabei por me acostumar com isso e passo a maior parte do tempo sem eles. Leio, escrevo, vou a todo lugar. Já me acostumei a ver como vejo, já não faz diferença os óculos, a não ser quando tenho dor de cabeça, ou cansaço na vista. Lembro quando uma amiga disse que a fazer cirurgia nos olhos para correção de grau. No momento em que me disse isso meu coração se encheu de vontade de fazer também. Restaurar minha visão por inteiro. Muitos outros conhecidos meus também fizeram e a cada vez que ouço falar disso surge em meu coração um clamor, para que no tempo certo Deus me dê a graça disso também.

Imagino que com aquela mulher não era diferente. Quantas pessoas passavam por ela contando o que Jesus havia feito em suas vidas. E mais, principalmente os repudiados da sociedade. Pessoas que, como ela, eram deixados de lado, marginalizados, tidas como impuras. Pessoas “do seu grupo”. Aqueles que não podiam ser tocados eram tocados por Jesus. O que não podiam ser olhados eram olhados por Jesus. E todos esses testemunhos enchiam o coração dela com o clamor de vida nova. Uma nova esperança, uma nova chance de vida.

Ela queria tocar Jesus.

O Mestre de Nazaré já era conhecido em todo lugar. Por onde passava lhe era apresentados doentes, possessos, cativos da alma, para que fossem curados, restaurados, libertos. Todos os que passavam por Jesus e criam Nele eram curados.Aquela mulher sabia disso, mesmo correndo o risco de ser julgada e condenada, pois teria que enfrentar a multidão, tocar nas pessoas e depois tocar no Mestre. Aquela que tornava tudo impuro queria tocar no Ungido. O medo e a vergonha de sua situação eram tão grandes, que ela não queria nem falar com Jesus, queria apenas toca-lo: “Se eu tão-somente tocar-lhe o manto, ficarei sã.”! .

Um toque bastaria. Ela sabia disso e enfrentou a multidão, enfrentou o preconceito e foi. Quando Jesus passou, esticou os braços e tocou em Sua veste. A Palavra diz que uma força muito grande saiu de Jesus e Ele, percebendo, voltou-se para tráz, querendo saber quem o havia tocado. Ele é Deus, com certeza, sabia, mas queria que a mulher fosse curada também de seus medos, liberta da prisão do seu coração, acostumado com repreenções e maus tratos. Os discipulos de Jesus, espantados diziam: “Senhor, olha quanta gente o toca…como saberemos quem é a pessoa que procura?”. Mas a mulher saiu de trás daqueles que a escondiam e assumiu: “Fui eu quem te tocou, Senhor!”. Nesse momento, Jesus restitui a ela não só a saude física, mas também devolve o sentido da vida ao seu coração. Agora ela podia falar, tocar e ser tocada, olhar e ser olhada por todos. Sua vida já não seria de solidão e desprezo.

Um toque. Um momento de coragem. Fez o Senhor parar e voltar. Quantas vezes já falamos disso? Bartimeu, Simão, Samaritana, Os leprosos…. Quando damos um passo em direção ao Senhor, Ele dá mil em nossa direção. Jesus está passando…nossa vida pode ser transformada, restaurada, devolvida a nós. Basta um passo, um toque, uma decisão.

Como tocar Jesus? Reconhecimento, adoração. Quando aquela mulher disse: “Se eu tocar apenas nas suas vestes serei curada!”, ela reconheceu que Jesus era Senhor e tinha poder pra curar, poder para restaurar sua vida. E como a Palavra nos diz que Deus faz infinitamente mais, Jesus não só a curou, como se voltou para ela, olhou nos seus olhos e a amou. Assim como faz conosco.

Ele está passando, mas fica ansioso esperando que façamos Ele parar e voltar para nos amar e curar.

Vamos orar juntos:

SENHOR JESUS, DEUS DE AMOR, DEUS DE VIDA. HOJE, TOMO CORAGEM PARA APRESENTAR AS DORES DO MEU CORAÇÃO, TODA MINHA REALIDADE QUE ME DEIXA TÃO FRÁGIL, TÃO PEQUENO. TUDO QUE TENTO ESCONDER, MASCARAR, TUDO QUE ME MARGINALIZA, ME TIRA DO MEIO DOS QUE AMO. COMO AQUELA MULHER QUE VIA DIA APÓS DIA SUA VIDA ESVAIR NO FLUXO DE SANGUE, MAS ACREDITOU QUE APENAS UM TOQUE A CURARIA, EU TAMBÉM ME APRESENTO A TI. QUERO TOCAR-TE, QUERO SER TOCADA. QUANTAS VEZES VEJO O QUE HÁ DE BOM EM MIM SE ESVAINDO COMO O FLUXO DAQUELA MULHER. MEUS SONHOS, PROJETOS, FAMILIA, SENTIMENTOS. NÃO QUERO ME ACOSTUMAR COM MEU MAL. PASSA POR AQUI, JESUS E PARA. NÃO CONTINUE SEU CAMINHO SEM ME OLHAR, SEM ME TOCAR, SEM TRANSFORMAR A MINHA VIDA.

SO TU ÉS DEUS, SÓ TU ÉS SENHOR, EU RECONHEÇO QUE PARA TI NADA É IMPOSSÍVEL E NADA É TÃO DIFÍCIL. TOCA-ME , SENHOR. SEJA ESTA ORAÇÃO O MEU TOQUE EM TEU MANTO. VOLTA O TEU OLHAR PARA MIM, SENHOR.

EU TE ADORO, TE AMO E TE ESPERO. A TUA MORTE CONQUISTOU VIDA PARA MIM, A TUA VIDA TRANSBORDOU A MINHA E HOJE POSSO SER LIVRE PARA VIVER.

EU TE ADORO, TE AMO E TE ESPERO, AMADO MEU!

AMÉM!

PALAVRAS PARA A SEMANA:

Meditar sobre esta palavra. Eu tenho me acostumado com meu mal? Tenho deixado as situações acabarem com minha esperança? Jesus está passando, vou deixar Ele passar sem que minha vida seja restaurada?

Palavras relativas: Mateus 9, 20-22 e Lucas 8, 43-48

“Que a graça do Nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos vocês!”

II Tessalonicenses 3,18

No Amor do Amado

Carol

h1

Amigo de Deus

novembro 10, 2008

Texto Base: João 15, 15-17

Amor. É assim, que em uma palavra resumimos o Senhor e Sua obra. Em Jesus é aberto um relacionamento com o Pai que nunca antes, no Antigo Testamento, alguém pôde ter. Relacionamento de intimidade, de amizade, de proximidade. Quantos, no Antigo Testamento desejariam ver este véu rasgado. Muitos dos que viveram antes de Jesus gostariam de viver esta realidade para a qual somos chamados. Todos eles aguardavam ansiosos a vinda do Messias, o Ungido e nós, vivemos esta realidade. Jesus é realidade para nós e deseja ser próximo, íntimo.

Esta verdade, vemos nesta Palavra que estudaremos hoje. No versículo 15, Jesus diz: “Não vos chamo servos, por que o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, por que tudo quanto tenho ouvido de meu Pai vos tenho feito conhecer!”. Toda a riqueza do céu está em Jesus. Ele é o tesouro mais valioso que alguém pode ter. Ele é a prova viva do Amor do Pai, que não mediu esforços para ter-nos de volta. Jesus veio inaugurar um novo relacionamento Deus-homem.

O que era distante torna-se próximo, já não somos chamados servos. Servo é aquele que de certa forma pertence a alguém e faz tudo quanto esse alguém lhe ordenar. Não há vinculo de amor no relacionamento servo – patrão. Por mais que exista o sentimento de dedicação ou respeito, nesse relacionamento não há intimidade. O patrão não revela ao servo seu coração, não conta dos seus sonhos, seus desejos, não partilha sua vida. Quando o servo já não serve dá forma como deveria é trocado por outro. O que faz é o que importa e não o que é.

“Mas vos chamo amigos”. Amigo é aquele que permite alguém fazer parte da sua vida, que lhe revela seus segredos, seu íntimo e sua riqueza. Amigo é aquele que escolhe o outro não pelo que ele faz, mas pelo que ele é. Servo é condição. Amigo é essência. Nosso relacionamento com o Senhor é essência. Amizade conquistada por Jesus. De uma forma toda nova (novo céu e nova terra) Jesus veio mostrar ao mundo a verdadeira religião, a da amizade co m o Pai. Jesus veio desmascarar a religião de obrigação e tradições vazias e apresentar a todos nós a religião do amor. Quantos encontros de amor Jesus teve. Quantas provas de amizade. A samaritana , o cego de Jericó, a mulher adultera, os leprosos, os cobradores de impostos, também os piedosos, as famílias de bem, como Marta, Maria e Lázaro, os discípulos. A cada encontro uma prova de que o Reino se faz pelo que somos e não pelo que fazemos.

O que fazemos é escolha de amor. Não deixamos de pecar por que tememos um Deus que julga, mas por que o amamos e queremos agradá-lo. É o mesmo que, sabendo que um amigo não gosta de certa atitude minha eu deixar de fazê-la para agradá-lo, por amor a ele. É o mesmo com o Senhor. Por amor escolhemos estar com Ele, viver em Sua Presença e agradá-lo.

O Amor de Jesus é o que nos faz dar frutos neste mundo. Agradando o Senhor nos tornamos cada vez mais amor no mundo. O Amor de Deus é amor transformação, amor construção, amor restauração. Quanto mais amamos a Deus , mais Seu amor se faz presente em nós e mais amamos quem está perto de nós. Em sua carta, João diz: “como posso amar a Deus a quem não vejo se não amo a meu irmão a quem vejo?”. Diferente do amor que estamos acostumados a ter, amor egoísta, amizade possessiva. A Amizade com o Senhor nos abre à amizade com os irmãos, com aqueles que também pertencem ao Senhor.

Este é o fruto que permanece: o amor. Podemos passar a nossa vida toda construindo uma herança para deixar aos nossos filhos, ou podemos dar tudo que temos aos pobres. A Herança verdadeira, a única coisa que vale realmente deixarmos para o mundo é o Amor. Por isso tantas e tantas vezes Jesus disse: “Amai-vos”. A grande descoberta do mundo precisa ser o Amor. A cura do mundo está no Amor. A resposta a tantas perguntas, a mudança que esperamos, o cessar de tanta violência…tudo isso encontramos no Amor.

Aí podemos parar e pensar: eu amo? Tenho sido, realmente amor? Não nos basta mais uma boa criação, boas maneiras e atitudes meramente sociais de bondade. Precisamos ser tomados pelo Amor de Cristo. Amor que gera vida em circunstâncias onde a morte já é certa, mas que o Amor pode transformar. Nossa amizade com o Senhor precisa gerar frutos de amor no mundo. Precisamos nos deixar amar pelo amor-Salvação e sermos também amor que revela esse Amor a tantos que ainda vivem longe deles. Como diz a Palavra: é fácil amar a quem me ama. Jesus amou aqueles que o condenaram, rejeitaram e desprezaram. Nós somos este povo que Jesus amou e ama. Povo restaurado pelo Amor. Precisamos ser canal de restauração na vida de tantos outros.

A Amizade com Jesus nos leva ao outro, ao irmão. É impossível alguém dizer que e amigo de Jesus e não se importar com a realidade do mundo em que vivemos. Já ouvimos tanto falar: diga-me quem são teus amigos e te direi quem és.

Que lindo! Somos amigos de Deus e isso nos faz sermos quem somos! Aleluia! Amor no mundo!

Que seja este nosso desejo: ser amigo do Senhor e Dele aprender a amar e ser amor.

PALAVRAS PARA A SEMANA

– I João 4,16

-I João 4,18

-I Coríntios 13,4

-I João 3,16

-Efésios 5,2

-Judas 1,21

-I João 4,7

Dica de leitura: leiam o Evangelho de João (Apóstolo do Amor) e também o capítulo 4 de sua I carta.

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém. II Coríntio 13,14

No Amor do Amado,

Carol

h1

Estudos de BH

novembro 3, 2008

oi amores,

fiquei devendo o estudo da semana passada. Então coloco dois de uma vez. Deus os abençoe imensamente.

Mas um só é o Espírito!

I Coríntios 12 (leiam também Romanos 12)

Ah! Como gostaríamos de ter todos os dons! Fazer todas as coisas! Sermos usados por Deus em tudo! Não que o Senhor não possa nos dar todos os dons e e, certas circunstâncias Ele até mesmo o faz, o Espírito é o Dom de Deus e nos vem por inteiro. Mas, o Senhor ama fazer-nos precisar uns dos outros. Formamos com excelência o Corpo de Cristo, quando entendemos isso e damos o nosso máximo naquilo que Deus nos chamou e capacitou.

É preciso termos claro em nós esse chamado, senão passamos a vida toda achando que o dom do outro é melhor que o nosso! Mais valoroso ou mais precioso ao Senhor! Talvez pensemos que Deus faz uns mais especiais que os outros. Deus levanta cada um de nós com uma missão especial. Somos todos chamados ao Ministério do Amor. E cada um, no seu lugar, no lugar que Deus mesmo o colocou opera a favor ou contra este Ministério.

Ministério quer dizer serviço. Os dons que temos não temos para nós, mas para os irmãos. Por exemplo, um advogado de nada vale se não defender uma causa. De que valeriam os anos de estudo, do conhecimento das leis se não há o que defender? Que bom seria se todos fossem conhecedores das leis e pudessem se defender sozinhos, mas isso é impossível com tantas outras coisas que nos são necessárias, então, louvado seja Deus pela vida de quem se dispôs a estudar as leis e usa-lás em favor do oprimido, do inocente. Outro exemplo, em extremo aos nossos olhos, aquele que varre a rua, limpa a cidade, os auxiliares de limpeza. Houve um tempo que este serviço era para aqueles que não conseguiram estudar, mas hoje para este emprego é exigido grau de escolaridade, por que? Por que não é o que sobra de serviço. É um serviço muito precioso. Imagina se ninguém limpasse a cidade, se todos os papéis, folhas de árvore, tudo ficasse lá no chão. Em pouco tempo teríamos uma cidade suja e cheia de doenças. Todos os serviços são necessários e preciosos para a saúde física, psicológica e social do homem.

No âmbito espiritual não poderia ser diferente. Deus nos criou únicos. Cada um de nós teve um toque diferente do nosso Deus, que abençoa cada um conforme o desejo de Seu coração. Desde as pequenas coisas: a um ele dá o dom de cantar, a outro escrever, a outro organizar, a outro preparar um café para depois do grupo (maravilhoso!!), a outro falar, outro alegrar, enfeitar, até mesmo sorrir é um dom. Quantas coisas podemos numerar. Vocês mesmo podem fazer esse exercício: até que o grupo tenha começado, quantas coisas foram necessária? Alguém que cedesse a casa, alguém que escrevesse os estudos, alguém que organizasse o tempo, alguém que se preocupasse antes com o ágape (a confraternização que vocês faem após o grupo também é bíblico sabiam?). Também nos dons diretamente espirituais: profecias, milagres, interpretação das línguas, curas, e tantos outros. Todos temos todos os dons, como já havia dito antes. Ora, tendo duas mãos, uma delas é mais desenvolvida do que a outra, por isso destro ou canhoto. Nem mesmo em nosso corpo todos os órgãos fazem tudo, como nos mostra essa Palavra. No Corpo de Cristo não poderia ser diferente. E quando um órgão decide ou não consegue mais cumprir sua missão, seu serviço, todo o corpo perece. Talvez, no Corpo de Cristo, o olho esteja querendo ser mão, a mão quer ser pé, o pé ouvido e aí tudo fica fora de lugar, fora de ordem e já não somos um Corpo, senão desordem e morte certa. É preciso que peçamos ao Espírito que nos mostre nosso lugar no Corpo, senão ficamos à parte na obra do Senhor e fazemos falta no bom desempenho do Corpo. Um corpo pode ficar sem um rim, mas se tem os dois o corpo fica mais saudável.

Dos pés à cabeça, todos são necessários e preciosos. Assim no Corpo de Cristo. Jesus é a Cabeça, nós seus membros, precisamos ouvir e obedecer a Jesus. O Corpo precisa estar concorde para que os pés andem para o mesmo lado, as mãos possam se juntar, os olhos vejam a mesma coisa. Todos precisam estar atentos aos impulsos da Cabeça, aos seus comandos, às suas ordens.

Que vocês possam orar umas pelas outras. Que o Espírito Santo mostre a cada uma o seu lugar, das pequenas às grandes coisas que o Senhor quer de nós. E sejamos felizes onde o Senhor nos colocar e como Ele nos usar. Há um povo esperando pelo Amor do Senhor, há um povo que precisa se abrir ao mover do Espírito. Sejamos a voz, os olhos, as mãos, o sorriso, aqueles que não medem esforços para obedecer.

PALAVRAS DA SEMANA

Romanos 11,29

I Coríntios 14,12

Romanos 6,23

Efésios 2,8

Efésios 4,7

Tiago 1,17

I Coríntios 13,2

Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu dons aos homens.

Efésios 4,8

Os Dons do Espírito Santo II

Isaías 11,1-2

A vida do cristão é sustentada pelo Espírito. Como já vimos, Ele é a promessa de Jesus, para todo o tempo. E a cada momento, quando permitimos, Ele vem nos restaurando, nos avivando, nos transformando em nosso modo de agir. E como Ele faz isso? Nos cumulando de seus dons e frutos, pois sem o Espírito Santo e Seu mover não somos capazes de nos tornarmos pessoas melhores.

Jesus viveu em conformidade com a vontade do Pai, sempre se preocupando em agradar-Lhe, sempre vivendo em comunhão com Ele. E também nos chamando a essa comunhão (Mateus 6,6) e para nos tornarmos santos, como nosso Pai é Santo (Mateus 5,48)

Santos? Sim, santos. Santo é aquele que se abre ao Espírito, ao Seu mover, às Suas inspirações, se torna Seu Templo (I Cor 6,19), deixando que Ele ore em nós (Galatas 4,6), opere em nós, renove nossas mentes (Efésios 4,23), nos tornando filhos da Luz (Efesios 5,8).

No Espírito realizamos nossa vocação em Jesus: vocação à Salvação, à vida eterna. E essa vida é sustentada pelos dons do Espírito e geram frutos em nós, primícias da glória eterna.

O s sete dons do Espírito Santo são (Lembrando que sete é o número da perfeição, então o Espírito pode nos muito mais que sete dons):

Sabedoria: Sabedoria 9

Inteligência: Colossenses 2,2

Conselho: Jó 12, 13

Fortaleza: Salmo 31,3

Ciência: Exôdo 31,3

Piedade: I Timoteo 4,8

Temor de Deus: II Coríntios 7,1

Esses dons nos tornam fiéis e dóceis às inspirações de Deus. Um exemplo é Salomão, que poderia ter escolhido riqueza e poder e em vez disso pede ao Senhor Sabedoria, sabendo que só assim conseguiria ser rei do povo de Deus. (I Reis 3,5-14).

A Palavra diz: Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.” (Romanos 8, 14-17)

O Espírito Santo é aquele nos faz permanecer e já participar da Promessa. Vivemos pelo Espírito experiências de vida eterna ainda nessa passageira. Somos livres em Deus, pelo Espírito. Temos acesso ao Trono, pelo Espírito. Tocamos o Amor de Deus, pelo Espírito. Os Seus dons são os sinais visíveis do Seu toque e passagem por nós e, mais que isso, Sua permanência em nós.

Sejamos espertos como Salomão: peçamos o Espírito, sabedoria de Deus, no lugar de tantas outras coisas que queiramos pedir. Pois todas as coisas, que agradam o coração de Deus, vem em acréscimo.

Vivam em Deus, vivam no Espírito.

Oremos:

Deus de Amor, mais uma vez em Tua Presença, viemos clamar Teu mover em nós. Tua graça é o desejo de nossos corações. Alcançar o Teu coração com nossa adoração é o que mais queremos e sabemos que somente pelo Teu Espírito isso é possível. Promessa eterna de Jesus, Teu Espírito, Pai, nos leva ao Teu encontro. Somos filhos e herdeiros com Jesus e só participamos disso pelo Espírito. E nós queremos. Queremos Teu mover, Tua realidade, Teus dons, Teu Espírito todo o tempo habitando este templo que formaste com Tuas próprias mãos. Amamos o Teu mover e queremos mais de Ti! Em Nome de Jesus! Amém!

PALAVRAS DA SEMANA: Retomar as passagens citadas no texto.

“Que teu bom espírito me conduza por uma terra aplainada!

Salmo 143 10

No Amor do Amado

Carol