h1

“O que queres que eu te faça?”

julho 7, 2008

Texto: Lucas 18, 35 – 43

Esta Palavra, a princípio, parece tratar de apenas mais uma, das muitas, curas que Jesus realizou enquanto esteve aqui. Mas, se pararmos para meditá-la, veremos quão profundas riquezas o Senhor tem para nós neste pequeno trecho do Evangelho.

A começar do lugar onde o homem se encontrava. A Palavra diz que Jesus estava chegando a Jericó, ainda não estava na cidade. Aquele cego estava fora da cidade, pedindo esmolas. À margem da vida, totalmente alheio do que acontecia na cidade. Era deixado de lado, esquecido. Muitos o ajudavam com dinheiro, mas não o ajudavam a sair daquele lugar. Na época de Jesus, os que tinham enfermidades eram vistos como amaldiçoados por Deus, por isso eram desprezados.

Ali, quando as pessoas entravam na cidade passavam por ele. Quantas pessoas já haviam passado pela vida daquele homem. Já eram comuns aos seus ouvidos os passos, a falação, o barulho das moedas caindo em seu favor. Mas, no dia em que Jesus passou,ele percebeu que algo diferente estava acontecendo.

Muitos de nós vivemos à margem da vida, da nossa própria vida, mendigando qualquer coisa que as pessoas quiserem nos dar (atenção, amor, respeito, diálogo…). Sentados do lado de fora, percebemos a vida passando por nós e corremos o risco de não vivê-la. É possível que Jesus tenha passado muitas vezes por nós, mas nossa cegueira não nos deixou ver e nossos ouvidos estavam ocupados de mais com outras coisas para ouvir sua voz.

Aquele homem percebeu algo diferente. Ainda não sabia que era Jesus. Mas, teve sua primeira atitude de fé: a curiosidade. A curiosidade de saber por que algo diferente estava acontecendo, fez com que ele saísse do seu lugar e perguntasse a alguém. E a resposta: “É Jesus!” animou de tal forma o coração daquele homem que não pensou duas vezes antes de começar a gritar :”Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!”. A esperança tomou conta dele. Sabia que Jesus era o único que podia tirá-lo daquele lugar e condição. Jesus era a promessa e aquele cego, deixado à beira do caminho, entendeu isso.

Era preciso, agora, parar Jesus e fazer com que Ele olhasse e o ajudasse. Gritar foi seu modo. E aquele homem contra tudo e contra todos que estavam a sua volta, tentando o calar, gritou. Gritou até que Jesus parou. O grito do desprezado, marginalizado, cego, mendigo….parou Jesus.

Não importa nossa condição. Jesus parou para o jovem rico, para o mestre da lei, e também parou para o pobre cego que estava à beira do caminho. Por que não ouviria, também, nossa voz? Se o clamarmos de coração, ultima e única esperança da nossa vida, Ele ouvirá e se voltará para nós.

Jesus parou. Ele ouviu o clamor do cego, mas não foi até ele. Jesus poderia ir até onde aquele homem estava, mas desejou que ele saísse do seu lugar. Ajudado por alguns que entenderam que o Reino de Deus é amor e inclusão, aquele homem se aproximou de Jesus e ouviu a pergunta mais esperada de sua vida: “Que queres que eu te faça?”

Durante seu tempo de beira de caminho, com certeza, muitas vezes ele ouviu essa pergunta, mas de uma forma como quem dissesse: “ Que queres que eu te faça? Não posso ajudá-lo!” Mas, vinda de Jesus, essa pergunta se torna totalmente nova. Ele sabia que o Mestre falava a verdade e que realmente queira saber como ajudá-lo.

Jesus, ouve nosso clamor. Pára e pergunta a nós: “O que queres que eu te faça?”

Quantas coisas se passam em nossas mentes? Quantos desejos temos? Quantos sonhos? Quantas coisas e problemas pra resolver?

Com certeza, tudo isso se passou na mente e coração daquele homem. Poderia pedir dinheiro, riqueza, para que pudesse sair daquele lugar, poderia pedir que as pessoas o amassem, que sua família o respeitasse e o recebesse. Muitas coisas.

Mas ele pediu: “Senhor, que eu veja!” . Imaginem as conseqüências desse pedido. Curado, teria que sair da beira do caminho, não poderia mais mendigar, pois teria condições de trabalhar e assumir a própria vida. Assumir a própria vida. Conseqüência da cura: ter a responsabilidade de viver. Por isso, Jesus pergunta, quer saber se realmente aquele homem, e nós hoje, queremos receber a cura e, com ela, a responsabilidade de viver.

Muitas pessoas se afastam de Jesus, por que Ele é um Deus que traz a vida, mas que dá a nós a responsabilidade de vivê-la. Muitos já não sabem viver por si só, precisam que as pessoas lhe indiquem o caminho, o sustentem , cuidem de todas as coisas. Mas o nosso Deus não é muleta, nem secretário. Ele cura-nos para que saiamos da condição cômoda e assumamos nossa vida.

Mais que uma cura física, Jesus entendeu que aquele homem queria uma cura especial. Não só queria ver o mundo, as coisas, mas queria ver o que estava acontecendo: o Reino de Deus. E participar desse Reino. Por isso, curado, andava a frente do Senhor, louvando e atraindo os olhares pra Jesus. Aquele que estava à beira do caminho, agora, se torna povo de Deus com aqueles que já haviam sido levantados por Jesus e caminhavam com ele.

Paro por aqui, ainda querendo escrever muito mais. Mas acredito que o que conseguimos enxergar hoje com essa Palavra cura nossa cegueira e nos dá a certeza de que Jesus nos ouve, pára em nosso favor, nos tira da nosso comodismo e pergunta:

“O que queres que eu te faça? Estás pronto para assumir sua vida? Abandonar a beira do caminho e se colocar a caminho? Caminhar comigo? Vida em abundância é a promessa para aquele que tem coragem de sair do seu comodismo e pedir a cura.”

Amados, esta Palavra me encheu profundamente o coração. Pude avaliar minha vida e encontrar os lugares e áreas em que tenho preferido ficar à beira do caminho enquanto Jesus passa. Pude tomar a decisão de gritar e receber minha cura. Sei que muitas vezes não nos sentimos preparadas para assumir nossas vidas, mas se caminharmos perto de Jesus, como aquele homem “já não mais cego”, conseguiremos.

Mais algumas Palavras que narram curas que o Senhor realizou em pessoas que decidiram sair da zona de conforto e ir até Ele. Ainda hoje o Senhor opera em nossas vidas da mesma forma.

- Mateus 8, 1-4

- Lucas 7, 1-10

- Mateus 9, 20-22

- Lucas 5, 17-26

- Lucas 7, 1-10

- Marcos 9, 14-29

- Lucas 19,1-10

“E a paz de Deus, que excede toda a inteligência, haverá de guardar vossos corações e vossos pensamentos, em Cristo Jesus.” Filipenses 4,7

No Amor do Amado

Carol Carolo

About these ads

18 comentários

  1. Benção dimais essa palavraaaa!
    Que o Senhor possa abrir nossos olhos espirituais para contemplarmos aquilo que Ele tem colocado no nosso coração!
    Que nós possamos dizer: Eis-me aqui Senhor, Usa-me, Muda minha vida, Transforme aquilo que não for do seu agrado na minha vida.
    Deus e maravihoso…. Carol Deus te abençoeee a cada dia!
    Q Ele te honre a cada dia em nome de JESUS!


  2. Graças a Deus por sua vida Carol!!!!!!!!!!! Que estudo maravilhoso, mais uma vez como tocou nossos corações… No grupo, temos experimentado confrontar o que você escreve com situações que pelo menos uma de nós está vivendo… Amém Senhor, por nos dar tanto amor e ensinamentos através da linda da Carol!!!!!!!!!!!!! Bendito sejas Paizinho amado…


  3. Carol, há alguns dias não temos nos encontrado no msn.. estou com saudades de conversarmos. Vc nem pode imaginar o quanto nossos encontros tem sido enriquecidos com sua presença tão linda através dos estudos. Obrigada, amiga, por ter tanto carinho com a gente e por se abrir para que a graça de Deus nos alcance.. muitas de nós temos passado por momentos de tribulação (me incluo)em alguma área de nossas vidas e Deus tem falado profundamente aos nossos corações e operado grandes maravilhas em nós. Fica de novo me desejo de conhecê-los pessoalmente. Assim que tiver um encontro me chama que irei com grande prazer! Beijos e que Deus continue te inspirando incessantemente! Anna Cláudia


  4. primeira vez que visito seu blog, gostei muito!!!
    queria poder ter a oportunidade de contar um dia meu testemunho de vida…minha historia, lutas, para chegar aqui onde cheguei.Eu fico aqui na torcida. rezando para que Deus abencoe toda a tua caminhada, para que cada dia mais vc seja sinal de Deus… testemunho vivo para o mundo…
    Deus te abencoe e te guarde em seus caminhos!!!


  5. que deus continue te abençoando para que sejas canal de graça entre os povos


  6. OI CAROL

    MUITO ME ALEGREI AO LER O SEU COMENTÁRIO, POIS, ESTAVA BUSCANDO ALGO DE DEUS PARA NOSSA CAMPANHA QUE TEM ESTE TEMA “O QUE QUERES QUE EU TE FAÇA?”
    LOUVEI A DEUS POR SUA VIDA E SENTI NECESSIDADE DE ORAR POR VOCÊ

    PAULO P SILVA
    PRESIDENTE PRUDENTE-SP


  7. Deus te abençoe por este cometario pois eu procurava por uma mensegem pois teria que me preparar para traser uma mensagem na minha igreja e como Deus sempre sebe do que nos precisamos me levou a este site abençoado por ele e me deu visao de como me preparar Deus abeçoe e te de mais e mais para nos dar a paz do senhor jesus


  8. a mulher sabia edifica a sua casa


  9. Meu nome e Marcelo Gomes Henrique, e hoje dia 27 de junho de 2010. Ouvi a voz de JESUS. Me perguntar! O que queres que te faças?
    e eu respondi que curase meu coraçao da prequiça e do comodismo. Sou ministro Extraordinario da eucaristia e preciva que jESUS, me ouvisse, e ele falou comigo. Que esse testemunho de fe. Sirva para aqueles que sofrem e que perderam a esperança. Pois JESUS RESUCITADO ESTA VIVO E ACOLHE VERDADEIRAMENTE O PEDIDO DE CORAÇAO.
    Meu E-mail e mghservicosltda@Gmail.com


  10. gostei muito ;as grandes almas sao como as nuves; recolhem para dar .


  11. as grandes almas sao como as nuvas ;recolhem para dar.


  12. Suas palavras são muito acalentadoras para corações que de pessoas que estão desanimados por não conseguirem perceber o agir do Senhor em nossos dias, portanto, persevere com estas palavras de ânimo e conforto para que muitos sejam despertados a crer em Jesus mesmo diante de toda e qualquer adversidade.


  13. Com certeza esse estudo tem um efeito espiritual muito especial. A nossa fé aumenta e nos leva a crer que Ele ainda esta a perguntar o que queres que eu te faça?


  14. Uma, benção gostaria de comunicar com voce QUE DEUS te abençõe muito amém


  15. Graça e Paz Carol estava a procura de algo para encerramento da campanha nesse tema e fui muito abençoada com essa palavra que o senho continue te abençoando ricamente


  16. Que bênção maravilhosa, Carol…dia 29/4 estaremos apresentando um musical em nossa igreja da cantata “Eu sei que o meu Redentor Vive!” em que a cura do cego Bartimeu é citada! Com sua permissão estou sugerindo que sua reflexão seja impressa em nosso boletim daquele dia. É maravilhosa a forma como você se expressa! Glória a Deus por sua vida e que ela seja usada para a expansão do reino de Deus! Muito obrigada pela oportunidade!


  17. Benção


  18. Que a Graça e paz do nosso Senhor Jesus Cristo estejam com todos nos. Amen.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: